Despedir todas as notícias UpdraftPlus Tem a certeza de que quer rejeitar para sempre todas as notícias do UpdraftPlus? Passar ao rodapé

Quais são os problemas comuns de carboidratos baixos?

Problemas de carboidratos baixos: Quão seguro é? É importante saber o que esperar quando se escolhe uma dieta. Quais são as potenciais armadilhas? Poderá esta dieta ser prejudicial? Vamos dar uma vista de olhos a dietas com baixo teor de carboidratos. O que é um carboidrato? Provavelmente não diz muito. Amido e açúcar são provavelmente mais familiares para si. Isto não é impreciso. É assim que eles são descritos na dieta. Há carboidratos bons e maus. Pode ser-lhe deficiente em vitaminas e minerais se se livrar de todos eles. Também são pobres em fibras. O que são bons hidratos de carbono? Os grãos inteiros são bons hidratos de carbono. São ricos em fibras, antioxidantes e magnésio, bem como em ferro. Também são bons para comer legumes e frutas frescos e ligeiramente cozidos. Estão também cheios de fibras, vitaminas e minerais.

Mas, porquê?

Porque é que isto é importante? A fibra pode fazer muito. A fibra está a encher. Os alimentos ricos em fibra vão ajudá-lo a comer menos calorias e gordura. Pode baixar o colesterol e prevenir doenças cardíacas, como já deve ter ouvido dizer. É uma má ideia saltar a fibra, uma vez que os produtos animais não têm nenhuma. As vitaminas, minerais, e outros nutrientes são vitais por muitas razões. Não vou entrar em todos os detalhes. É melhor obter vitaminas e minerais de plantas do que de produtos químicos. É mais fácil para o seu corpo e cérebro utilizá-los. O que são carboidratos maus? Os hidratos de carbono maus são frequentemente encontrados em alimentos processados. O arroz é bom, mas o arroz branco pode ser um mau carboidrato. Escolha antes o arroz castanho.

O pão integral é melhor do que o pão. Todos os hidratos de carbono que são açúcares transformados, tais como muitas sobremesas, e o álcool são maus. A eliminação de todos os carboidratos pode ser perigosa. Escolha cuidadosamente os seus hidratos de carbono. É possível ter muitos problemas de saúde se comer demasiada carne. Gota: As dietas de alta proteína contêm muitas purinas, que depois se transformam em ácido úrico. Estes cristais de produtos residuais acabam na sua corrente sanguínea, onde são depois depositados nas suas articulações. Isto é algo que não quer que aconteça. Vai dormir bem, mas acordará incapaz de pôr os pés no chão. Doença cardíaca: As dietas de baixo teor de carboidratos dependem em grande parte de proteínas animais.

Colesterol

Isto pode aumentar os seus níveis de colesterol, o que pode levar a doenças cardiovasculares. Doenças renais: Os seus rins actuam como um filtro. Um aumento dos níveis de ácido úrico na sua corrente sanguínea pode causar mais trabalho e eventualmente levar a danos renais. Espero que considere esta informação útil na escolha da dieta certa para si. Se estiver consciente do que come, é possível perder peso em qualquer dieta. O seu cérebro é a melhor ferramenta de que dispõe. Muitas ervas são cobertas por blogs e artigos. Estes tópicos incluem stress, dores nas costas e gripe. O meu relatório gratuito, The Top Ten Herbs, também está disponível. O relatório cobre os efeitos secundários, precauções, interacções e utilizações de ervas populares.

Alimentação Saudável

Os amendoins são ricos em zinco, manganês e cobre. É rico em proteínas, o que promove uma pele saudável. Os amendoins são uma boa fonte de niacina, o que aumenta o movimento voluntário da articulação.

  • Protege contra doenças cardíacas: contém isoformas, que protegem contra doenças como o cancro. É muito eficaz na redução do colesterol no sangue. É rico em gorduras mono e poli-insaturadas.
  • É uma boa fonte de energia: o nível de proteínas é muito superior ao da carne, dos ovos e do peixe.
  • Pode ser usado como anti-oxidante: contém substâncias como elágicos, fonéticos, que são poderosos anti-oxidantes.

É bom saber

O amendoim deve ser consumido cru para maximizar os seus benefícios medicinais. A goiaba é pobre em gordura, proteínas, e hidratos de carbono 65. No entanto, a goiaba é uma das mais ricas em vitamina C. A goiaba também contém pequenas quantidades de ácidos orgânicos como ácido cítrico e ácido málico que facilitam a absorção da vitamina C e conferem à fruta o seu sabor ácido. Os carotenóides são substâncias que se convertem em vitamina A e têm um poderoso efeito antioxidante dentro das células. 100g de polpa de goiaba fornecem 8% das suas necessidades diárias em vitamina A. As variedades de polpa avermelhada são as mais ricas em carotenóides, licopeno, e outros nutrientes. Com excepção da vitamina B12, a goiaba também contém vitamina do grupo B. Vitamina E, cálcio, fósforo e magnésio também estão presentes. O potássio é o mineral mais abundante.

  • Tratamento de hipertensão: Este fruto é altamente recomendado para pessoas que sofrem de hipertensão arterial. É baixa em sódio, alta em potássio, e alta em fibra vegetal.
  • Reduzir o excesso de colesterol:- A goiaba é rica em PECTIN, uma fibra solúvel que ajuda a varrer os intestinos e facilita a eliminação do colesterol através da pele.
  • A nicotina é neutralizada. Devido ao seu elevado teor de vitamina C, a goiaba também pode neutralizar os efeitos da nicotina. Uma goiaba de 100g pode fornecer três vezes o RDA de vitamina C para um adulto.
  • As folhas de goiaba são boas para a limpeza do sangue. Quando cozidas para fazer chá, têm um efeito elepurativo sobre as substâncias tóxicas para o sangue. É bom para pacientes com artrite e gota.

Nota: As goiabas fazem um grande deserto para as pessoas que querem deixar de fumar. A alface é um alimento rico em água, aproximadamente 94,9%. É também rica em proteínas, a 1.62%. A alface branca é muito baixa em hidratos de carbono, 0,62%, e a gordura, 0,25. A alface também contém vitamina A, que é muito importante para as mães grávidas. É muito rica em folatos, o que a torna muito útil para elas.

Sabia que...

A alface é também conhecida pelo seu teor de potássio e de ferro. Contém quantidades significativas de cálcio, fósforo e manganês. Contém também 1,7% de fibra vegetal.

  •  Perturbações do sistema nervoso: O consumo regular de alface pode produzir um efeito suave, por vezes sedativo e fornecer as vitaminas B necessárias para a estabilidade do sistema nervoso.
  • Cuidar da insónias. A alface contém uma substância chamada lactucarium que induz o sono. Para insónia, recomenda-se uma grande refeição de alface e batata.
  • Desordem digestiva: Quando consumida antes de uma refeição, a alface ajuda a tonificar o estômago e ajuda na digestão.
  • Tratamento da obstipação:- A excelente digestibilidade e o teor de fibras da alface podem ajudar a melhorar a função intestinal.
  • Controlo de peso: A alface produz uma grande sensação de satisfação, mas muito poucas calorias. Também ajuda a aliviar a ansiedade e o nervosismo em relação aos alimentos, que muitas vezes acompanham a obesidade.
  • Uma boa dieta para diabéticos: Como a alface é pobre em hidratos de carbono, é uma boa escolha para os diabéticos. Pode desfrutar da frescura e do sabor agradável da alface crua. No entanto, pode cozinhá-la como qualquer outro verde.

Lembre-se

  • Os amendoins são ricos em zinco, manganês e cobre. É rico em proteínas, o que promove uma pele saudável. Os amendoins são uma boa fonte de niacina, o que aumenta o movimento voluntário da articulação.
  • Protege contra doenças cardíacas: contém isoformas, que protegem contra doenças como o cancro. É muito eficaz na redução do colesterol no sangue. É rico em gorduras mono e poli-insaturadas.
  • A vitamina C dá ao fruto o seu sabor ácido característico. A alface é um alimento rico em água, a 94,9%. É também rica em proteínas, a 1.62%. A alface branca é muito baixa em hidratos de carbono, a 0,62%, e a gordura, a 0,25. A alface também contém vitamina A, que é muito importante para as mães grávidas. É muito rica em folatos, o que a torna muito útil para elas. A alface é também conhecida pelo seu teor de potássio e de ferro.

 

Deixe um comentário